quinta-feira, 24 de julho de 2014

Santo Ofício: Desmascarando as Testemunhas de Jeová - "EU FUI TESTEMUNHA DE JEOVÁ"

4. "É PROIBIDO. . ."
A maioria dos membros da seita são pessoas simples, modestas, que facilmente podem ser direcionadas. A fim de as explorar ao máximo, a Organização lhes impõe uma disciplina férrea, marcada por proibições e imposições. Estas normas têm o efeito psicológico de fazer crer às TdJ que são diferentes dos demais homens e, assim, se caracterizam como os únicos e verdadeiros adoradores de Deus na única religião verdadeira.
São mais de cinqüenta as proibições que cerceiam uma TdJ. Sejam aqui citadas as principais:
1) A TdJ não pode ser cantor(a), jogador de futebol ou praticante de atletismo. — Por isto o famoso tenor de ópera, chamado V.A., teve que abandonar a carreira para ser Testemunha.
É preciso renunciar também à música popular, pois esta leva a "adorar astros ou estrelas", além do quê tem letra "Bossa Nova" ou semelhante ou talvez esteja relacionada com algum Credo religioso falso.
2)   Não é permitido vender ou comprar bilhetes de loteria. — O jogo por dinheiro é condenado. Por isto nem os deficientes físicos recebem autorização para ser vendedores de bilhetes, se querem ser TdJ.
3)   É proibido fumar. Quem fuma, está sujeito à excomunhão.
4)   É proibido celebrar aniversário natalício. — Na Bíblia os dois únicos aniversariantes mencionados tornaram-se homicidas no dia do seu aniversário; assim o Faraó do Egito (cf. Gn 40, 20-22) e Herodes o Grande (cf. Mc 6,17-29).
5)   Não se deve celebrar aniversário de casamento.
6)   Não se deve brindar alguém levantando uma taça de vinho ou champagne, pois isto lembra as oferendas feitas a deuses pagãos.
7)   Não se deve celebrar o Natal, pois este é tido como festa pagã.
8)   As TdJ não devem casar-se "fora do Senhor" ou com quem não seja Testemunha.
9)   As TdJ não devem assistir a cerimônia de casamento que não seja de Testemunhas, mesmo que se trate de familiares seus.

10)  Também os bailes são proibidos, por terem origem pagã.
11)  Não é lícito apoiar Olimpíadas ou delas participar, porque estão relacionadas com as antigas celebrações gregas pagãs.
12)  Não jogar xadrez, pois este é um jogo de guerra, que teve origem há 1.400 anos. O tablado do xadrez foi a arena para batalhas entre cortes de reis e exércitos.
13)  Não se deve dar esmola aos mendigos. Motivo: há bandos de mendigos "profissionais" que recorrem a todos os artifícios para parecer carentes e suscitar a compaixão. A generosidade cristã se deixa orientar por 2Ts 3,10: "Se alguém não quer trabalhar, também não coma".
14)   Não usar trajes de luto quando morre um ente querido. — O cristão não se deve afligir pelo falecimento de pessoas amadas.
15)   As crianças nas escolas não devem saudar a bandeira nem participar de competições esportivas. Quando se canta o hino nacional, não se devem levantar em sinal de respeito. — A reverência às insígnias da pátria (bandeira, hino) é homenagem ao Estado. Ora todo Estado se acha sob a influência do Maligno.
16)   É proibido tomar parte ativa ou passiva em eleições civis ou políticas, pois a política também está sob o signo do Maligno.
17)   Não se devem apoiar campanhas caritativas, pois estas geralmente estão ligadas a uma falsa religião, parte da Grande Babilônia.
18)   Não se pode aceitar transfusão de sangue, nem quando a recusa ameaça de morte. — Com efeito, dizem, o sangue é a vida, e a vida pertence a Deus só; cf. Gn 9,4; Dt 12, 16-23; SI 30,10.
19)   Não se deve trabalhar em prol de alguma outra religião. — Alguém que aceita um emprego em alguma organização religiosa não jeovista, passa a fazer parte dela; adere à Grande Babilônia e deve ser expulso da Organização das TdJ.
20)   Não é lícito praticar a caça ou a pesca por mero amadorismo. — O protótipo do caçador é Nemrod (cf. Gn 10,9), que caçava para passar o tempo, conforme uma lenda popular.
21)   Não é permitido alimentar amizades muito estreitas por causa do perigo de favoritismos e sectarismo.
22)   Quanto a presentes, são proibidos no Natal e no aniversário natalício. Se uma TdJ recebe presente em alguma dessas datas, não o deve retribuir.
Nas outras datas em que seja lícito oferecer presentes, não se deve revelar o nome do doador do presente.
23)   Não é lícito romper um compromisso de casamento, ou seja, um noivado. Isto significaria falta de maturidade.
24)   Novelas de rádio e televisão vêm a ser desaconselhadas, pois, na maioria, são moralmente más.
25)   É proibido aos homens-servidores usar bigode ou barba.
26)   As mulheres não devem usar calças compridas.
27)   Não se leia o que é publicado fora da Organização. O leitor poderia ser contaminado por idéias religiosas heterogêneas, confiando em pensadores mundanos.
28)   É proibido procurar hospitais confessionais religiosos para tratar da saúde. Com efeito, tais instituições fazem parte da Grande Babilônia, o império mundial da falsa religião.
29)   A veneração de imagens é idolatria. Por isto quem tem o dom de pintar ou desenhar, deve abster-se de produzir quadros religiosos, como, por exemplo, o do retorno do filho pródigo, pois isto poderia dar ensejo a que alguém tropeçasse e caísse na idolatria.
30)   É obrigatório aos pais ensinar a Bíblia aos filhos, ainda que o façam com o chicote na mão. Por isto há casais que possuem em sua casa uma vara que aplicam aos filhos quando o julgam necessário.
31)   É obrigatório assistir às reuniões da Congregação; quem a elas falta, sofrerá castigo. Lê-se na revista "Torre de Vigia" 1964/658,22 o seguinte depoimento:
"Às vezes, quando me preparo para ir às reuniões, chegam visitas inesperadas. Se ficarmos em casa e as recebermos, deixaremos de assistir às reuniões, em que está o espírito de Jeová. Para não acontecer isto, podemos explicar que estamos ocupados nessa noite... Se não nos desejam acompanhar, você pode explicar-lhes e pedir-lhes que esperem até que volte ou, se isto não convém, pode convidá-las para outra ocasião. Não se intimide facilmente pela chegada de parentes ou conhecidos".
32)   É obrigatório receber o Batismo das Testemunhas, sem o qual não há possibilidade de salvação.
33)   A Organização incita seus membros a sair para pregar, mesmo que não o queiram ou estejam cansados. — Se o trabalho profissional é executado por alguém mesmo a contragosto e debaixo de chuva, quanto mais o trabalho em prol do Reino de Jeová...?!
Não é necessário acrescentar outros itens para ilustrar o espírito proselitista e fanático das TdJ. — Por suas concepções, têm suscitado problemas e conflitos vários em famílias e na sociedade civil.

Fonte: PERGUNTE E RESPONDEREMOS 390 – novembro 1994

3 comentários:

Daniele Brito disse...

Que absurdo, tem muitas coisas aí que vocês falaram que não é verdade, ensinar aos filhos nem que seja com um chicote? Nossa, viajou viu...

Daniele Brito disse...

Tem muita coisa aí que não procedem, ensinar o filho nem que seja com um chicote? Nossa, viajou viu...

Elias Profeta disse...

Talvez nem você conheça realmente a seita Testemunha de jeová! Essas informações publicadas são de um grande estudioso, que trabalhou para desmascarar as heresias contidas nesta seita.